Carnivor, a proteína isolada da carne

A Carnivor (proteína hidrolisada da carne), ainda vem sendo muito estudada, porém já é sabido que sua capacidade para o ganho de massa muscular acontece de forma muito boa.

Ela é constituída de 350% a mais de aminoácidos, por ser uma proteína de origem animal, que são essenciais para a reconstrução da lesão da massa muscular, apresentando 0% de gordura e 0% de colesterol.

O grande aperfeiçoamento desta proteína é a retenção de nitrogênio, que por sua vez seriam “prejudiciais” somente ao direcionamento da proteína, sendo assim a Carnivor tem uma propriedade de reter esse nitrogênio deixando que a proteína seja mais absorvida, consequentemente recuperando um percentual maior de lesões musculares.

Outro beneficio seria as concentrações de creatina em cada dose, chegando a 2,5g a cada 30 gramas de proteína. A grande vantagem de se ter a creatina vinculada a uma proteína seria a geração da pump muscular da próxima serie de treino.

Na sua composição encontramos ótimos percentuais de bcaa (aminoácidos de cadeia ramificada) que ajudam no aumento muscular, na fadiga do sistema nervoso central e principalmente na prevenção da massa magra.

Deixe seu comentário